Planos Em Fuga.

O CCBB abre espaço para mais uma exposição incrível. Desta vez, o prédio da Álvares Pendeado receberá uma mostra com trabalhos de artistas como Carla Zaccagnini, Cildo Meireles, Claudia Andujar, Cristiano Rennó, Gabriel Sierra, entre outros.

A maioria das obras foi criada especialmente para o prédio do CCBB. Com início em 27/10/2012, a mostra consiste em mostrar um panorama da produção de arte contemporânea e explora a relação dos artistas com as instituições, a arquitetura e a cidade.

Planos de Fuga – Uma Exposição em Obras.

A entrada é SP Free, a partir das 09h.
End.: Subsolo, térreo, 1º, 2º, 3º e 4º andares | Rua Álvares Penteado, 112 – Centro.
De 27 de outubro de 2012 a 6 de janeiro de 2013, de terça a domingo, das 09h às 21h.
Recomendado ao público de todas as idades.

Anúncios

Savant INC.

Neste sábado pós dia das crianças, eu resolvi atualizar o blog com uma entrevista super bacana, que caiu do céu, em uma das maiores coincidencias do mundo! Eu trabalho com o pai deste cara,  que é super talentoso e cedeu um tempinho para responder às minhas perguntas. Então com vocês, Bruno Figueiredo.

#SPNQSC: Bruno, como foi sua entrada na Savant INC?

Bruno Figureiredo: Bom, minha entrada na Savant foi devido a minha saída da minha ex banda Waves, já havia sido cogitado a minha entrada na Savant mas sem êxito devido a divergências de horários e datas. Me sentia bem com o espírito coletivo deles, ao prestigiar o profissionalismo da banda, que é sem igual, enfim, visto que o vocal deles havia saído à um tempo eu me convidei para entrar na banda e eles aceitaram numa boa!

#SPNQSC: Deve ser meio difícil fazer um trabalho solo e entrar do nada numa banda…

BF: Sim bastante, são trabalhos musicais mas bem distintos um do outro. Com o projeto Chapow eu consigo abrangir um ponto mais vasto de público e me policiar quanto a NÃO me fixar em um estilo de som, o que é bem legal, e com o SavantInc somos 6 mais um só ao mesmo tempo, a uniao de grupo é 100%, uma família, e é bem mais fácil trabalhar assim, afinal 6 cabeças pensam melhor do que 1.

#SPNQSC: Qual sua visão da cena musical “underground” hoje?

BF: Cena underground hoje em dia é organização e trabalho bem feito. Aos que pensam o contrário estão no lugar errado, underground sempre será o lugar que receberá todos os estilos de som, sem rotular, julgar pelo estilo, pela cor etc… A evolução é visível e necessária, vamos continuar lutando pela causa! A nossa causa, o nosso bem estar, e um bom som!

#SPNQSC: Como é sua relação com os caras da banda, dentro da cidade de São Paulo?

BF: É trinka demais meu, adoro a galera que toca e tem banda aqui em São Paulo e fora também, mas como a pergunta é em Sampa né… Hahahaha procuro sempre ajudar quem precisa, de repente vem uma ideia e vc puff liga pro cara e fala, tem que saber chegar tem que saber lidar! Eu tive a honra de trabalhar e fazer algumas participações com algumas bandas e foi SENSAÇÃO! Trinka total no rolê! E farei enquanto cantar!

#SPNQSC: Quando você começou nessa vida de música, e como você se vê daqui a alguns anos?

BF: Eu comecei cantando pagode em Karaoke com meu tio, o meu primo Fabio Figueiredo sempre me apoiou nessa caminhada, eu cantava no coral da escola, e imitava a Sandy (risos).  Teve uma vez que eu estava em uma baladinha com o Fah e tinha um amigo dele que queria montar um projeto, ele me indicou e comecei assim, desde os 14 anos, inclusive esse amigo dele, é meu amigo hoje em dia e guitarrista da banda Johnwayne (Rogerio Torres). Eu faço muito exercício diário de respiração e quero continuar cantando, seja o que for o rock é a minha endorfina, mas a mpusica é a gasolina que me move.
#SPNQSC: Como foi o processo de criação do EP A Sindrome?

BF: Na realidade eu não acompanhei esse processo, pois ainda não era integrante da banda, mas admiro muito esse full.

#SPNQSC: Conta um pouco para nossos leitores a história da sua banda.

BF: A minha banda, o Savant Inc é uma banda de Guarulhos que existe desde 2009 e é conhecida pelo sincronismo no palco e fora dele, há alguns materiais na internet tal como o nosso face:

Facebook: http://www.facebook.com/savantinc?fref=ts

Twitter: https://twitter.com/savantinc

#SPNQSC: Com quem ainda não tocaram que gostariam muito de tocar?

BF: Gostariamos muito de tocar com várias bandas né? Cada um tem sua influência, mas eu particulamente gostaria muito de ter tocado com o Underoath, essa é a banda que eu amo demais assim!

#SPNQSC: Obrigada por ceder seu tempo para falar aos leitores do blog Bruno, dei a sorte de conhecer seu pai e eu não podia deixar de dar essa oportunidade e ter a chance de mostrar o seu trabalho, que é muito bacana. Deixa uma mensagem para os nossos leitores!

BF: Primeiramente obrigado pelo espaço, e deixo a seguinte mensagem…QUEM TEM QUE TRINKAR NOROLÊ NÃO RECLAMA DE PAGAR 20 REIAS PRA ASSISTIR À UM SHOW DE UNDERGROUND!

Página da banda na Trama Virtual para download:

http://tramavirtual.uol.com.br/artistas/bandasavantinc

 

Spinelli Détachez.

Um “conto” de saúde pública.

Por Sueliton Lima. [ http://www.facebook.com/sueliton.lima.photographia?fref=ts ]


Hoje acordei de mal humor e sei que vai aumentar pois hoje, tenho consulta marcada em um posto de saúde. Com base na minha experiência, sei que terá um monte de funcionário de merda “papeando” durante o serviço, onde 80% do assunto é PESSOAL e deveria ficar fora do período de trabalho. Sei que o filho da puta do médico vai chegar com uma hora de atraso (isso se eu der sorte), com a cara de felicidade, vai passar na recepção (como se estivesse adiantado para entrar no turno) e ficar de prosa com os mesmo funcionários de merda que adoram cuidar de assuntos pessoais durante o trabalho, enquanto uma fila de CONFORMADOS esperam e depois do atendimento ainda saem dizendo: esse médico é ótimo e blábláblá. Posto de saúde é lugar de gente feliz, pelo menos pros funcionários, pois pra quem precisa de atendimento e tem que se submeter a esperar por um vagabundo por mais de tres horas pra ser atendido (e quando voce entra na porra da sala, o vagabundo nao olha nem na sua cara, a consulta dura 2 minutos) enquanto ao seu redor só se ver gente fofocando e com 0% de boa vontade em atender quem paga os seus salários, nós a população! Esses porcos deveriam ter em mente que eles não estão fazendo favor pra nós pagadores de impostos. É a OBRIGAÇÃO deles nos atender, de preferencia com rapidez e RESPEITO!

Spinelli Détachez.