Fica a Dica – O Transporte Público.

Por @kia_souee

Olá galera, primeiramente eu gostaria de pedir desculpas pelo vácuo que pareceu ter ficado em nossa coluna na semana passada e de comunicar ao que leram a publicação do Facebook que a peça de teatro “A história do comunismo contada a doentes mentais” foi uma comédia acida de muita excelência.

Hoje deixo a vocês paulistanos, que enfrentam as dificuldades das conduções publicas todos os dias para ir trabalhar e estudar, uma imagem que de certa forma causa revolta e peço para que reflitam.

São Paulo não é uma cidade cinza e nem tem pretensão de ser, mas depende muito de nós para que isso não ocorra, sabemos que as informações apresentadas na imagem abaixo-tirada em um ônibus de Pinheiros (SP), não condizem com a grande parte da realidade, mas parece que o que conta é a intensão.

foto

 

Anúncios

Rapidinhas – Ônibus-Biblioteca

Por @Detachez

O ônibus-biblioteca circula pelas ruas de São Paulo, onde pessoas de bairros mais distantes não tenham acesso à bibliotecas. A ideia inicial foi de Mário de Andrade, na década de 1930 conhecido como Biblioteca Circulante. Incrível!

Antiga biblioteca circulante.

Antiga biblioteca circulante.

Maiores informações:

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/onibus_biblioteca/index.php?p=251

https://www.facebook.com/onibusbiblioteca

Telefones: (11) 2291-5763 ou (11) 6051-6513.

Texto: Fernanda Saraiva.
Fotos: Reprodução.

Terra da Garoa – Parklets.

Por @Detachez

Você sabe o que é um “Parklet”? Não? Pois bem, esta é uma iniciativa da prefeitura de São Paulo, para aproveitar um espaço na calçada das ruas, dando uma opção para que os pedrestes utilizem a área de forma inteligente. Os espaços ocupam espaços de automóveis e são destinados ao lazer, porém são espaços ainda temporários.

Vale a pena sentar para ler um livrinho, ou descansar. A ideia visa beneficiar mais as pessoas, pois de acordo com estudos, um ‘parklet’ beneficia mais de 300 pessoas por dia, o que é um número muito mais considerável que uma vaga de estacionamento.

Os pedestres agradecem senhor Haddad!

Haddad em 'parklet'.

Haddad em ‘parklet’.

Para mais informações acessem: http://www.capital.sp.gov.br/portal/noticia/2161#ad-image-0

Texto: Fernanda Saraiva.
Foto: Site da Prefeitura de São Paulo.

Ressaca – Marco Civil da Internet.

Por @Detachez

Para quem não sabe, o Marco Civil da Internet, como ficou popularmente conhecido, é um projeto criado em 2009 para dar segurança aos brasileiros, referente à interação e utilização de informações na rede (web), pela internet. A câmara dos deputados aprovou o projeto no último dia 25, e logo depois disso sancionado pela presidenta Dilma Rousseff.

Fica a questão, de como será usada a lei que prevê privacidade na rede, por todos os brasileiros, e direitos iguais para quem usa internet. Existem muitas campanhas, e até mesmo manifestações foram feitas a respeito, porque, é claro que, todos temos direito à privacidade, muitas pessoas não se sentem seguras ao fazer compras pela internet, por exemplo, ou colocar seus dados, para qualquer tipo de coisa, mesmo que pareça seguro.

Veta Dilma Cartaz

Veta Dilma Cartaz

O que é segurança afinal? Muito foi conversado sobre o assunto, mas agora não há como voltar atrás, o projeto já foi sancionado, e ainda conta com muitas mudanças, por isso, não há previsão exata de quando entra em vigor. Isso envolve também a PLC 21, que visa estabelecer princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da internet no Brasil.

Só com o tempo saberemos a que fim, se útil ou não, isso veio a calhar.

Para maiores informações, acompanhem o site: http://marcocivil.org.br/

Texto: Fernanda Saraiva.
Foto: http://marcocivil.org.br/

Coluna de Música – Fall Out Boy

Por @ellenDetachez

Hello Friends! Saibam, a pobreza esta me matando. Logo menos… Em 21/05 vai rolar o show de uma das minha bandas preferidas no mundo todo e inteiro: Fall Out Boy.

Banda formada em 2001, em Chicago/ USA. Os guris farão apresentação única em São Paulo, para apresentação do mais recente álbum: Save Rock And Roll.

Fall Out Boy

Fall Out Boy

Apresentação: Quarta-feira, 21 de maio de 2014. Às 21h30. Local: Citibank Hall – Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro. Classificação etária: 10 anos a 13 anos – permitida a entrada acompanhados dos pais ou responsáveis legais. 14 anos em diante – permitida a entrada desacompanhados.

Quanto? CAMAROTE I R$ 450 (Inteira) R$ 225 (Meia-entrada) CAMAROTE II R$ 400 (Inteira) R$ 200 (Meia-entrada) PISTA PREMIUM R$ 380 (Inteira) R$ 190 (Meia-entrada) PISTA PREMIUM (LOTE 2) R$ 450 (Inteira) R$ 225 (Meia-entrada) PISTA R$ 180 (Inteira) R$ 90 (Meia-Entrada)

Vendas: https://www.ticketsforfun.com.br/shows/show.aspx?sh=FALLOUUB14

Texto: Ellen Fialho.
Foto: Google.

Rapidinhas – Vire O Disco!

Por @Detachez

Começa hoje o evento anual que a Livraria Cultura promove para a venda de álbuns e livros sobre artistas brasileiros. A ideia, que teve inicio nos Estados Unidos em 2007 visa a venda dos discos a um preço mais acessível, e a festa será feita em todas as livrarias Cultura do Brasil.

Segue programação com os eventos em São Paulo.

CONJUNTO NACIONAL
Av. Paulista, 2073
Consolação – Oeste
São Paulo
(11) 3170-4033

Terça, 22 de abril

12h30 – Jazz ao meio-dia com Tito Martino Jazz Band

Fernanda Takai

Fernanda Takai

Sábado, 26 de abril

Das 12h às 14h – Indicações de CDs com Filipe Catto

11h – Pocket show com a banda Gangorra

12h30 – Pocket show com Marcia Castro

13h30 – Pocket show e sessão de autógrafos com Leo Cavalcanti

16h – Pocket show com Fernanda Takai

17h – Espetáculo musical e sessão de autógrafos de A vingança

19h30 – Pocket show com Jair Naves

IGUATEMI
Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232
Jardins – Oeste
São Paulo
(11) 3030-3310

Nando Reis

Nando Reis

Quarta, 23 de abril

18h – Sessão de autógrafos com Nando Reis

Sábado, 26 de abril

15h30 – Bate-papo com Ana Cañas

17h – Pocket show com Bruno de La Rosa

19h – Pocket show com Jair Oliveira

Domingo, 27 de abril

16h – Pocket show com Jair Rodrigues

BOURBON
Rua Turiassú, 2100
Pompeia
São Paulo
(11) 3868-5100

Sábado, 26 de abril

13h – Pocket show com a banda Dance of days

15h30 – Pocket show com a banda Huaska

17h30 – Pocket show com o grupo Projeto Vinagrete

MARKET PLACE
Av. das Nações Unidas, 13947
Vila Cordeiro
São Paulo
(11) 3048-7000

Quinta, 24 de abril

Fresno

Fresno

19h30 – Pocket show e sessão de autógrafos com Thiago Iorc

Sexta, 25 de abril

19h – Pocket show e sessão de autógrafos com a banda Fly

Sábado, 26 de abril

19h – Sessão de autógrafos com a banda Fresno

VILLA-LOBOS
Av. Nações Unidas, 4.777
Alto de Pinheiros
São Paulo
(11) 3024-3599

Sexta, 25 de abril

19h – Pocket show com Duo Calavento

20h – Pocket show com Babi Mendes

Babi Mendes

Babi Mendes

Sábado, 26 de abril

12h – Pocket show com João Taubkin

15h – Pocket show com a banda Louye

17h40 – Pocket show com André Mehmari

20h – Pocket show com Carlos Careqa

Domingo, 27 de abril

18h – Pocket show com o grupo Brasileirinhos

Texto: Fernanda Saraiva.
Fotos: Google.
Informações complementares: Livraria Cultura.

Terra da Garoa – Músicas que falam sobre São Paulo.

Por @Detachez

Já que estamos reformulando as colunas, vou usar esta, de segunda feira, antiga coluna de esportes, para falar sobre um amor que muitos tem pela cidade. Amam tanto que fazem até músicas que contam a história do cotidiano ou também, sobre suas vidas, experiências pessoais, e afins.

“Trem das onze”, eternizada pelos Demônios da Garoa. Canção de Adoniran Barbosa, fala um pouco sobre a zona norte da cidade, citando Jaçanã e contando uma história com um toque de humor e desespero. Uma bela canção.

Outra canção que conta o amor de um baiano pela cidade de São Paulo é “Sampa”, de Caetano Veloso. Esta sim, comenta sobre as meninas da cidade, expressa um sentimento único que Veloso teve ao cruzar com a Av. Ipiranga e a Av. São João, no antigo centro da cidade. Ouvir essa música é fazer uma pequena viagem pelas ruas de São Paulo.

Uma das minhas favoritas é “São Paulo, São Paulo”, uma versão de “New York, New York”, de Frank Sinatra, feita por Premeditando o Breque. A letra é muito divertida, contando histórias sobre trabalhadores, as dificuldades e coisas boas que a cidade oferece, citando vários bairros de São Paulo. Simplesmente imperdível.

Para finalizar, vou falar sobre a música mais recente feita sobre a cidade, pelo rapper Crioulo Doido. “Não existe amor em SP” é uma verdadeira poesia, com sua sonoridade triste, fala sobre a cidade e sobre o que mais nos deixa tristes pelas ruas de São Paulo.

Texto: Fernanda Saraiva.
Vídeos: Youtube.