Ressaca – Paz, força e coração.

Por @Detachez

Hoje eu quero mostrar as mudanças que o blog vem passando e dar parabéns e agradecimentos a minha equipe e aos novos integrantes do meu time.

Primeiro, gostaria de agradecer ao Caio, por ter voltado à ativa na Coluna de Música. Sinceramente, essa parceria tinha mesmo que dar certo e aos poucos vamos nos entendendo e brigando menos (risos). Parabéns pela coluna Lupulus, porque simplesmente foi um amor à primeira vista dos leitores.

Thaís, muito obrigada por ter aceito o desafio de escrever sobre o interior numa coluna tão pessoal quanto A Interiorana, que é a sua cara. Parabéns por ter começado a nos mostrar a força que tem o interior de SP e como é bom tudo isso fazer parte da nossa cidade tão amada.

Valeu galera!

Valeu galera!

Keisa, mesmo com seu hiato, muito obrigada por ter feito parte da equipe, ainda estou aguardando seu texto para divulgação. Sempre será bem vinda sua participação no blog, porque você sabe que são presentes para minh’alma seus textos.

Ellen, estou esperando sua grande volta por cima (risos). Sua coluna de segunda pode ser alterada, mesmo porque política não é coisa pra gente, e você também tem o direito de ter uma coluna na qual possa escrever sobre o que mais gosta.

Larissa Helen, minha mais nova colunista, que estreia essa semana com uma coluna que vai mostrar outro lado do interior de SP. Seja bem vinda e seu primeiro texto foi uma obra separada pelo destino para marcar sua chegada na minha vida.

E por fim, Lucas Silva, novo colunista que vai escrever a coluna mais cultural que o blog já viu (risos). Essa coluna tem tudo para ser um sucesso, por ser nova e por abranger muito do que São Paulo tem a oferecer, seja bem vindo.

Obrigada a todos por tudo. Só quem me conhece sabe como esse projeto é importante e a luta que tenho passado para manter ele no ar. A ajuda de vocês é incondicional e indispensável e juntos vamos atingir mais e mais leitores. Muito obrigada e parabéns a todos.

Fernanda Saraiva.

Anúncios

A Interiorana – RANCORE – Tour da Despedida – Capítulo SJC

Por

A vez era do Rancore na Hocus Pocus e a trupe de Taubaté dessa vez colou em peso.

Chegada, algumas cervejas, passagem pelo merch do Anzol, ressaltando o fato do Sonrisal ter sido muitíssimo simpático e na minha compra de uma camiseta, logo me encheu de adesivos, descolou um chaveiro e tudo mais. Eis que vemos no merch do Rancore o senhor Jesus Teco Martins (risos). E como esse cara vende bem. Com o olhar fixo em nossos olhos, minha vontade era de rir casa vez que ele dizia ‘você gosta?’. Apertou-me firmemente a mão depois da minha compra, desejou-me bom show e perguntou se eu tinha alguma sugestão, eu fiquei… Fiquei em estado de choque, era uma puta responsabilidade, pois se fossem mesmo tocar o que eu pedisse, poderia não ser o que metade daquelas centenas de pessoas queriam, mas o Teco disse que fiz uma ótima escola. Yoga, Stress e Cafeína. E foi o momento mais mágico do show, sem dúvidas. Tornei-me criança novamente, escalei colunas, cantei com o Teco olhando pra mim. Meti um stage dive na base de cambalhotas, que engraçado.

O show encerrou-se com Cresci, que pôs muitas pessoas aos prantos, não dava pra acreditar.

Foto por Nando Jr

Foto por Nando Jr

Foi sim, um show foda, mas com o puta peso de ter sido, talvez, o último show que vi do Rancore. Lembro-me de ouvir uma vez o Nenê num show no Hangar 110, apelar pro Teco não acabar com o Rancore, e foi ali que os nós na garganta começaram.

Eu, que até então só havia visto os shows do Teco Martins, e diga-se de passagem, vipíssima, pois só pra mim ele cantou ‘Bem Aqui’, me senti nas nuvens no show do Rancore, show histórico, um dos melhores da vida.

Tem-se a esperança dos fãs: a volta do Candinho pro Brasil e com isso, o retorno do Rancore, mas enquanto sonhamos com isso, aguardamos pelo primeiro ônibus em mais uma madrugada comendo esfihas de queijo e tomando suco de morango com leito no Habbib’s 24 horas.

Minha coleção de hematomas e lembranças de músicas que fizeram o coração saltar pela boca estarão sempre guardadas no peito com muito carinho.

Texto por: Thaís Calado

Fica a Dica – Inferno Club.

Por @Detachez

Como no começo da semana postei uma matéria sobre a Rua Augusta, resolvi ver alguma programação que vai rolar por lá para dar como dica para vocês hoje, então vamos lá.

No dia 28 de junho, a casa vai receber um tributo ao rei do pop Michael Jackson. A festa é uma homenagem pela morte do cantor, que no final deste mês comemora 5 anos.

Vale a pena conferir a festa, segue informações de serviço.

SERVIÇO

DJs:

Rodrigo Teaser (Michael Jackson cover)

Marcio Vaez

Xciters (Cris&Vic)

Alê Garanci

_______Promoção de Drinks______________

 

Double vodka da 1:00 às 2:00

Show da Tequila na faixa as 3h30

______________________________________

Horário: 23:30

Preços:

Lista (até 1h) – R$ 20

Após 1h – R$ 25

Na porta – R$ 35

(lista fecha 22h do dia da festa: lista@infernoclub.com.br)

Comemore seu aniversário, despedida de solteiro ou reúna seus amigos para curtir o melhor dos 80 e 90 na Pop&Wave!

Aniversariante + 3 VIPs (Para outras comemorações: Organizador + 1 VIP)

Lista de convidados – R$15 – Trazendo 15 convidados pagantes ganha uma garrafa de vodka Skyy!

————————————————————————————

É permitida a entrada trajando boné, regata ou bermuda. Não temos nenhum tipo de preconceito! Não fazemos diferença de valores conforme o sexo!

————————————————————————————

Contatos:

Cristian (crislek79@gmail.com) – Cel: 98121.1632)

Marcio Vaez (m.vaez@ig.com.br – Cel: 98125.8295)

Organização: Cristian Lekitsch e Marcio Vaez

Site oficial da festa AQUI.

Twitter oficial da festa AQUI.

Inferno Club AQUI.

Rua Augusta, 501. Tel: 3120.4140.

Link do evento AQUI.

Coloque seu nome na lista AQUI.

Rapidinhas – Livraria Cultura.

Por @Detachez

Quando eu fico sem programação, sempre passo no site da Livraria Cultura para ver o que de bom está rolando por lá, e sempre acho algo bacana. Desta vez tem uma programação bem legal na loja do Shopping Vila-Lobos, um pocket show com a banda LUDOV. Uma apresentação para o lançamento do novo álbum Miragem.

Ludov

Ludov

SERVIÇOS.

Cidade: São Paulo/SP

Data e Hora: Sábado, 28 de junho às 18h

Loja: Shopping Villa-Lobos – Av. Nações Unidas, 4777 – Jardim Universidade Pinheiros

Local: Auditório

Lotação: 129 lugares

Texto: Fernanda Saraiva.
Foto: Google.

Coluna Política – Plano Diretor.

Por @Detachez

Mais uma vez a Prefeitura de São Paulo cria um projeto para que a população participe diretamente das melhorias da cidade. Mas e você, sabe o que é o Plano Diretor?

Este é um projeto da Prefeitura que nada mais é do que uma forma de melhorar, ou visar a melhoria, da cidade de São Paulo. O projeto fez várias reuniões públicas, para que a população pudesse opinar e ajudar a moldar o que seria o projeto final. Alguns exemplos de melhorias do projeto são as calçadas.

Todos sabem como são um caos algumas das calçadas espalhadas pela cidade, sendo até usadas como estacionamento. O projeto define a largura da calçada com 3 metros.

Acesse AQUI para ver como participar diretamente do projeto.

Ressaca – Paixões

Por @Detachez

Não é segredo para ninguém minha paixão pela cidade de São Paulo. Logo, resolvi escrever sobre um lugar que conta e faz parte daminha história. Um lugar onde todo mundo que não conhece SP quando vem, tem que ver de perto. Uma rua simples, que tem seu alto e seu baixo, um amor em pessoa, uma mulher forte, que sobreviveu durante o tempo, e que se tornou um exemplo na cidade toda, Rua Augusta.

Suas primeiras aparições na história de São Paulo datam de 1875, com o nome de Rua Maria Augusta, e em 1897 já como Rua Augusta. A rua fazia parte das terras de Manuel Antonio Vieira, que abriu várias ruas na Bela Cintra, incluindo a rua da Real Grandeza, que é, nada mais nada menos que a Avenida Paulista.

Na década de 1960 a Rua Augusta era o centro de diversão dos jovens paulistas/paulistanos. A rua cheia de casas noturnas e bares, fazia a cabeça daquela juventude bem diferente da nossa, que preocupava-se com os estudos, além de pensar em só encher a cara. A Augusta era diferente, tinha um ar de glamour e diversão. Na década de 1970 a Rua Augusta foi perdendo seu brilho, a cidade já começava a “sofrer” com os carros e o tráfego naquela região, logo depois vieram os shopping centers e em torno da rua foram criados muitos prostíbulos.

Augusta pós 1984.

Somente em 1993 a rua se modernizou, com a inauguração do Espaço Unibanco, cinema que até hoje recebe filmes em suas salas a preços promocionais, com o nome de Espaço Itaú Cinema. Em 2000, a Augusta voltou a ser o centro de diversão dos jovens, com a abertura de bares e casas noturnas, como por exemplo, o Vegas Club; o Comedy Club Comedians, primeiro clube de comédias do Brasil, entre outros. Permanecendo ao redor muitos bares e os antigos prostíbulos dos anos 70.

Ainda hoje a Augusta vem sofrendo mudanças em sua estrutura, um dos bares mais conhecidos, inclusive já comentei sobre ele por aqui, é o Bar do Kaká. Antigamente ficava ao lado do Inferno Club, na altura no n° 501, mas teve de ser retirado para a construção, ou ampliação não sei a certo, de um prédio residencial, mudando para o outro lado da rua, agora ao lado do Club Outs. Os frequentadores deram graças por ao menos não terem fechado o bar.

Muitas pessoas passam por lá todos os dias, a Rua Augusta é conhecida por estar sempre com as portas abertas, não somente no fim de semana. Sendo assim, fica meu convite, quem quiser ir me avise porque eu estou precisando dar uma volta por lá novamente.

Augusta na atualidade

Augusta na atualidade

Texto: Fernanda Saraiva.
Fotos: Google.

Lupulus – Baden Baden 15 anos

Por @caio_io

A cervejaria nascida em Campos do Jordão em 1999, famosa por suas cervejas gourmet, lançou no último dia 5 seu novo rótulo em comemoração aos 15 anos de existência: Baden Baden 15 anos!

baden-baden-15-anos

 

Ela é uma Heller Bock com 6,7% de teor alcoólico, mas o que mais impressiona neste novo rótulo da Cervejaria de Campos do Jordão, é a utilização de uma variedade de lúpulo cultivado no Brasil, para ser mais específico na serra de Campos do Jordão.

Infelizmente o nome ainda não foi divulgado.

Baden-Baden-lança-cerveja-comemorativa-de-15-anos-com-lúpulo-brasileiro

Para muitos, essa notícia não tem nenhum significado, mas para quem está por dentro do meio cervejeiro nacional, entende quando se fala a respeito de lúpulo cultivado no Brasil e como a vitória é grande, pois o Brasil não tem o clima adequado para o plantio e cultivo de lúpulo.

lupulus-141

Texto: Caio C.
Fonte: Google