III Bienal Internacional Graffiti Fine Art

Por Mayara Moreno.

O graffiti é o tipo de arte urbana mais criminalizado pela sociedade, que ironicamente pode ser visto a cada esquina que você cruza na nossa grande cidade cinza e que cada vez mais tem ganhado reconhecimento pelo mundo a fora, em muitos países grafiteiros brasileiros são convidados a viajarem e prestigia-los com sua arte. Aqui no Brasil, ainda precisa-se muito para chegar a esse ponto, já que infelizmente esse tipo de arte só é reconhecida por grande parte da sociedade quando se encontra sob galerias de arte ou alguma exposição. Sim, esse tipo de trabalho com certeza é muito importante para os artistas em questão, mas uma forma de expressão tão pura e com o gostinho brasileiro que muitas vezes explicita problemas sociais e políticos com formas que não precisam ter nada escrito para passar a mensagem do grafiteiro, deveria ter seu devido respeito.

Atualmente, esta acontecendo a III Bienal Internacional Graffiti Fine Art, reunindo pinturas com spray, estêncil e pinceis em paredes e murais. Pode-se ver também instalações esculturas e videoarte.

São 63 grafiteiros, sendo 11 estrangeiros de países como Estados Unidos, Alemanha, França, Italia, Chile, Peru e Japão. Sendo eles conhecidos ou não, antigos no grafiti ou não.

A primeira edição da Bienal aconteceu em setembro de 2010. Este ano sendo exibida no prédio do Pavilhão da Cultura Brasileira, arquitetado na década de 50 por Oscar Niemeyer.

O intuito do projeto é passar ao publico o que o grafiti é, uma arte, mostrando suas técnicas e suas mensagens com mais “calma” e excluindo o cenário da rua.

III Bienal Internacional Graffiti Fine Art

De 18 de abril a 19 de maio

Horário: Terças das 10h às 21h; Quarta a domingo das 10h às 18h Local: Pavilhão das Culturas Brasileiras, Parque do Ibirapuera – Rua Pedro Álvares Cabral, s/n. São Paulo – SP. Preço: Entrada gratuita.

Ressaca – Mairiporã!

Por @Detachez

Como todos sabem, sou apaixonada pela arte de rua e o grafite é uma forma de expressar muito bem como os artistas desejam representar suas ideias, com muitas cores e desenhos únicos, que infelizmente muitas vezes são cobertos pelo cinza da prefeitura.

A menina por Mago

A menina por Mago

Portanto, andando pelas ruas de São Paulo, nem tanto assim São Paulo centro, mas ainda assim estado de São Paulo, achei um paredão com lindas imagens, e desta vez muito bem assinadas. Imagens que a gente se pergunta o significado, e acaba entrando dentro da nossa mente.

A ideia do grafite é tirar as tags e pixações das ruas, o que acaba dando uma visão mais limpa e colorida da cidade. Então, espero que em cada lugar da cidade tenha um muro como o que eu vi e que isso traga um pouco de cor à cidade que não quer ser cinza.

Ame-me

Ame-me

Texto e fotos: Fernanda Saraiva.

Arte Em Sampa – Feliz Aniversário, Meu Amor

Por @Detachez

Nesta data gostaria de homenagear a linda e maravilhosa, boba e glamourosa, cidade de São Paulo. Eu simplesmente te amo! Feliz 460 anos de muito amor e muita garoa, muitas meninas lindas, muita luz nas ruas, muita cultura, muita paz e um grito de socorro ao dizer que São Paulo Não Quer Ser Cinza.

Ponte Estaiada.

Ponte Estaiada.

Vista de cima do Edifício Copan.

Vista de cima do Edifício Copan.

Av. Paulista.

Av. Paulista.

São Paulo Aérea.

São Paulo Aérea.

 

Texto: Fernanda Saraiva {Spinelli Détachez}
Fotos: Pesquisa Google – Cidade de São Paulo.

Ressaca – Fernanda Saraiva.

Por @Detachez

Hoje gostaria de agradecer a todos os colunistas, por todo amor e tudo que me proporcionaram, pela homenagem do Amauri no Já Dizia O Amauri, e enfim. Fico sem palavras. Fiquem com um texto que postei no Facebook hoje.

Beijos e obrigada pelo melhor aniversário em dois anos.

Instagram: @detachez

Instagram: @detachez

Há 26 anos eu nasci. Fui a alegria dos meus pais, eles viviam uma situação difícil com minha avó, que era contra o casamento deles. E meu nascimento fez com que a paz se restabelecesse. Meu nome seria Raisa, mas para homenagear um casal dr amigos que perdeu a filha recém nascida, meus pais decidiram mudar meu nome para Fernanda.

Eu cresci, e meu pai me diz que eu era criativa, aprendi, assim como ele a falar inglês sozinha, eu quase me perdi nas bebedeiras da fase de adolescente. Quando namorei, sempre fui muito intensa. Amei muito e creio ter sido amada. Sempre dormia fora de casa, até que um presente mudou minha vida. Meu filho tem quatro anos e simplesmente é tudo o que eu tenho. O jornalismo entrou na minha vida desde pequena, quando eu lia a revista Veja que meu pai assinava e pegava escondido a revista Playboy para ler as saudosas 20 perguntas.

Minhas amizades são intensas e eu brigo mesmo e me afasto mesmo e peço desculpa mesmo quando me arrependo. Não penso em namorar, relacionamentos sérios não são pra mim. Mas devo confessar que estou apaixonada. A vida prega peças que não podemos prever e como eu ouvi, em tão pouco tempo sinto um misto de sensações. Porque sou intensa e decidida. Não vim a este mundo a passeio. E agora que estou livre quero mostrar ai mundo meus textos, minhas fotos, minha visão do mundo. E sim, há espaço para todos.

Basta querer acrescentar. #saopaulo #saopaulonaoquersercinza #spnqsc #brazil #happy #beautiful #nomake #inlove

[Tá na moda ] – Estar na moda!

Por @Fernanda__Tozzi

Parte 1.

Evento da Risqué

Evento da Risqué

E aí meu povo, mais uma semana se passou e cá estou eu, surtando de novidades e coisas pra fazer.

Como alguns de vocês devem saber, esse último final de semana (26/10) ocorreu aqui em SP, no Espaço das Américas um evento de moda bombadérrimo, O Risqué Dream Fashion Show, que reuniu as maiores TOPS MODELS do mercado brasileiro e mundial, e o famoso rapper britânico Taio Cruz.

Evento da Risqué

Evento da Risqué

Cheguei ao evento por volta das 23h e o lugar já estava cheio, cheio de gente linda, alta e magra, um babado total. Sempre ouvia falar do Espaço das Américas, muitos eventos já aconteceram lá, mas sempre perdi a oportunidade de ir, confesso que fiquei morta com o espaço. Muito lindo, chique, tudo de primeira. Lustres enormes na entrada, um esquema de luzes e som impecáveis, tudo limpinho e cheirosinho, muito bom gosto.

O desfile foi bem naquele estilo Victoria Secrets, em que as modelos vão desfilando e o artista cantando. As principais modelos, foram a Isabelli Fontana, Carol Trentini e Izabel Gulart. O pessoal reconhecia com maior facilidade essas tops, mas eram só as tops das tops.

Elas deram um show à parte, simpatia em um nível nunca visto, um corpo impecável e invejável.

Gente sem falar nas celebridades que estavam lá, Fabiana Karla (a Perséfone da novela) Ticiane Pinheiro, alguns ex BBB’s, a Mirella e o Wellington Muniz, o Ceará do Pânico na Band. E ainda rolou a maior saia justa do ano, Mateus (MARAVILHOSO) Verdelho, que estava livre leve e solto no evento, acabou trombando com a Dani Bolina (ex dele) e o atual namorado dela, que no caso, é ex da Barbara. E na tarde de terça feira Mateus e Barbara anunciaram não estar mais juntos. Bem que percebi ele bem soltinho. Uma confusão total.

Agora vamos ao que interessa, o desfile foi feito para introduzir no mercado as novas cores bombásticas de esmaltes. A coleção virá com muitas cores NEON, tons de preto, vermelho, azul, branquinhos meio bege, laranja. Uma explosão de cores para esse nosso verão que não chega nunca.

Pude tirar muitas informações desse desfile, com tendências de looks para o verão, preparem-se pois as coisas estavam maravilhosas. Para nossa alegria, os shorts de cintura alta e as blusas cropped (aquelas que deixam um filetinho da barriga aparecendo) vão continuar bombando. Muita coisa assimétrica viu galerinha, formas geométricas e aquelas estampas étnicas (estilo tribo maia) também vão continuar presentes. Pude notar que os ombros e quadris vão estar super marcados e é como dizem, na moda tudo volta, então pode pegar aquele terninho da sua mãe com ombreira e usar e abusar.

Evento da Risqué

Evento da Risqué

De acessório, vi que os maxis vão continuar. Muitas pulseiras gigantes, em material acrílico, colares de franja, e penas vão arrasar. Muitos acessórios de cabeça gente, MUITO, em todas as etapas do desfile os acessórios tomaram conta, então preparem uma graninha e invistam em um chapéu que valha a pena. Nos pés só sandálias gladiadoras (sim aquelas que parecem da época de Júlio César) tanto com salto como rasteirinha. Uma maquiagem bem de bonita sabe, aquela pele bem mate (sequinha e sem brilho) um olho bem esfumadinho mas super marcado com LÁPIS e não delineador. Tudo impecável.

No meu mero ponto de vista a Risqué arrasou com esse evento. Fiquei maravilhada e minha vontade em trabalhar com moda só aumentou. Valeu muito a pena. #ObrigadaRisqué. Essa semana, (28/10 à 01/11) está ocorrendo o São Paulo Fashion Week e veremos se as propostas apresentadas pela Risqué vão ser compatíveis com a dos desfiles. Semana que vem trago todas as novidades pra vocês.

E não se esqueçam que “estar na moda” é se amar do jeito que é.  Beijocas e até quinta que vem com a parte 2.

Texto produzido por Fernanda Tozzi. Fotos: Instagram.

Ipiranga não quer ser cinza.

Um lugar que aparentemente não quer ser cinza em São Paulo, fica alí na Avenida Ipiranga, no centro da cidade.

Detalhes muito pequenos já fazem toda a diferença na cidade cinza, e eu já havia notado este trabalho.

Numa banca de jornal, tem um desenho de ídolos da música, do esporte e do cinema. O trabalho foi feito todo em “estêncil”.

O estêncil é uma técnica utilizada com papel ou plástico resistente, no qual os artistas utilizam cortes nestes, em formato de imagens, números ou símbolos, para expressarem sua arte.

No caso deste trabalho, o artista que creio eu se chama Guiles, pois é esta a assinatura no trabalho, usou o estêncil para fazer imagens de Michael Jackson, Marilyn Monroe, Superman, Airton Senna, Amy Winehouse e Charles Chapplin, com rostos de caveira.

Trabalho em estêncil.

Trabalho em estêncil.

O trabalho ficou muito bacana e chama muito a atenção, pois está pintado em uma banca de jornal que fica com o desenho virado para a rua.

Enfim, só queria mostrar que ainda tem algumas coisinhas que fazem a diferença pelas ruas de São Paulo.

Rapidinhas.

Assista no Espaço Itaú de Cinema o novo filme de Wagner Moura, que conta no elenco com Matt Damon e Alice Braga, por $5 reais.

As sessões intituladas de “Sessão Popular” estarão disponíveis até 17 de Outubro.

Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca
http://www.itaucinemas.com.br
Rua Frei Caneca, 569
Consolação – Centro
São Paulo
(11) 3472-2365
Quando: diariamente de 11 (Sex) a 17/10 (Qui) às 14:40.

Texto produzido e editado por Spinelli Détachez. Foto por Spinelli Détachez.

A cor de São Paulo se manifesta aqui.

Por @Fernanda__Tozzi

Uma das maiores e mais belas representações de street art de São Paulo, o Beco do Batmam, situado na Rua Gonçalo Afonso, na Vila Madalena virou um ponto de encontro entre jovens que buscam arte e estilo. A ladeira que se dá de fundo com o Cemitério São Paulo, contrapõe a tristeza e monotonia do local com seus grafites e cores intensas.

Foto por Allan Szacher.

Foto por Allan Szacher.

Desde a década de 1980 o local tem sido ponto de encontro de estudantes de artes plásticas, grafiteiros e fotógrafos, que passaram a cobrir o cinza do local com regularidade. Os desenhos variam de letras estilizadas à influências cubistas e psicodélicas.

A beleza e as cores do Beco chamaram a atenção da rede internacional de noticia British Broadcasting Corporation (BBC), que em seu site descreveu o lugar como “cheio de energia criativa”.

Desde então o Beco tem se tornado ponto forte para ensaios fotográficos, campanhas publicitárias e passeios turísticos. Ao andar pela viela a noite, de carro ou a pé, “têm-se a sensação de estar caminhando em uma história em quadrinhos”.

O mercado de baladas e bares cresceu muito ao redor do beco, com vários estilos e gêneros de balada. O passeio pode ganhar uma esticada durante noite.

Texto por Fernanda Tozzi e foto por Allan Szacher.

Edição por Spinelli Détachez.

Perfil da Fernanda no Facebook: [ http://www.facebook.com/fernanda.tozzi.3?fref=ts ]

Leiam também meu novo texto no Já dizia o Amauri: [ http://jadiziaoamauri.com/2013/09/16/visao-feminina-os-homens-e-o-banheiro-feminino/ ]

Logo menos Coluna de Música

Logo menos Coluna de Música

Logo menos.

Logo menos.