Lupulus – Baden Baden 15 anos

Por @caio_io

A cervejaria nascida em Campos do Jordão em 1999, famosa por suas cervejas gourmet, lançou no último dia 5 seu novo rótulo em comemoração aos 15 anos de existência: Baden Baden 15 anos!

baden-baden-15-anos

 

Ela é uma Heller Bock com 6,7% de teor alcoólico, mas o que mais impressiona neste novo rótulo da Cervejaria de Campos do Jordão, é a utilização de uma variedade de lúpulo cultivado no Brasil, para ser mais específico na serra de Campos do Jordão.

Infelizmente o nome ainda não foi divulgado.

Baden-Baden-lança-cerveja-comemorativa-de-15-anos-com-lúpulo-brasileiro

Para muitos, essa notícia não tem nenhum significado, mas para quem está por dentro do meio cervejeiro nacional, entende quando se fala a respeito de lúpulo cultivado no Brasil e como a vitória é grande, pois o Brasil não tem o clima adequado para o plantio e cultivo de lúpulo.

lupulus-141

Texto: Caio C.
Fonte: Google

Anúncios

Lupulus – Dia da Cerveja no Brasil

Por @caio_io

Poucos devem saber, mas no dia 5 de junho é comemorado o dia da cerveja no Brasil. Mas ai você irá se perguntar:

– Porque se comemora o dia da cerveja no Brasil nesta data?

Bom, a data foi sugerida pelos Blogueiros Brasileiros de Cerveja (BBC), para homenagear o catarinense, dono da Cervejaria Canoinhense, Ruprecht Loeffler, conhecido pela população local e amigos como “seu Lefra”.

Seu Lefra morreu em 2011, aos 93 anos, quando a revolução cervejeira artesanal já estava se consolidando em terras brasileiras.

Por isso, no dia 5 de junho não se esqueça de erguer uma taça de cerveja em homenagem ao Seu Lefra e as cervejarias artesanais brasileiras que vem crescendo cada vez mais, de dois anos pra cá.

Como forma de “homenagear” este dia, escolhi três cervejas nacionais e irei apresentá-las à vocês. Espero que se interessem e procurem degustá-las.

Baden Baden Witbier – Uma edição limitada da Cervejaria de Campos do Jordão. Witbier significa “cerveja branca”, por causa da aparência clara e turva. Estilo tradicionalmente Belga. Fabricada com maltes de trigo e de cevada. Com 4,9% de teor alcoólico, a cerveja não é filtrada e tem o sabor cítrico da laranja e o leve sabor picante do coentro.

witbier

Colorado Vixnu –  Uma Imperial IPA com 9,5% de teor alcoólico. Cheia de aromas cítricos e maracujá, belo corpo maltado e amargor persistente e agradável. Uma cerveja para apreciadores de lúpulo, RAPADURA (é isso mesmo) e malte. Indicada para quem gosta de cervejas extremas!

vixnu

Eisenbahn Pale Ale – Cerveja de alta fermentação, o que faz realçar os sabores mais frutados, lupulados e complexos deste  tipo de cerveja. Com 4,8% de teor alcoólico, essa cerveja de cor âmbar tem palato e amargor complexos e encorpados. Cerveja criada na Inglaterra para descrever cervejas claras. Pale Ale significa Ale Palha, ou clara. Essas cervejas representam a melhor tradição européia, em especial as belgas e inglesas. A Eisenbahn é uma das poucas cervejarias a fabricarem Pale Ale no Brasil.

pale

Gostaram das dicas? Dois lugares onde vocês podem encontrá-las: Empório Alto dos Pinheiros  e Brewdog Bar.

Claro que existem milhares de outras cervejas nacionais excelentes, essas foram algumas que degustei quando entrei para o meio cervejeiro (menos a Witbier, que é recente) e aprovei, tanto que a Colorado Vixnu e Eisenbahn Pale Ale estão no meu top de cervejas nacionais.

Uma dica, é você chegar no bar e verificar o cardápio de bebidas. Vá até as cervejas e olhe as nacionais. E  deguste-as. Quanto mais melhor. Vá aperfeiçoando seu olfato e paladar para novas cervejas. A experiência é boa e eu aconselho. Saia deste mundo de cervejas sem gosto e sabor!

lupulus-14

Texto: Caio C.
Fonte: Google/Facebook/Arquivo pessoal.

Lupulus – As cervejas mais estranhas do mundo

Por @caio_io

Você ai pensando que uma cerveja feita com maconha ou uma garrafa com animais empalhados (The End Of History – Brewdog) eram cervejas estranhas? Sabe de nada inocente. A seguir uma pequena lista de algumas dessas cervejas:

Rogue Voodoo Bacon Maple Ale – Da cervejaria norte americana Rogue. Ela tem sabor de Bacon, com um leve teor de Maple (xarope para panqueca). Topa?

Bacon-Maple-Ale-Donut-Rogue-Voodoo-By-Taylor-Hamby

 

Kelpie Seaweed Ale – Da Microcervejaria escocesa Williams Bros Brewing Co.  Na costa da Escócia, a cevada era fertilizada por algas marinhas, o que dava um sabor especial. Para reproduzir isto que ocorria por volta de 1850, eles adicionam algas frescas em sua composição. Será que fica bom?

tumblr_mbmxyuz8ea1r61kiw

 

Bilk Beer – Da Microcervejaria japonesa Abshiri Beer. A cerveja com baixo teor de malte contém aproximadamente 30% de leite e segundo a Cervejaria, foi produzida para aumentar o baixo consumo de leite no país. Quem provou diz que ela tem um sabor adocicado.

brejas_biza_0002_03_bilk

 

Royal Virility Performance – Da Cervejaria escocesa Brewdog . A cerveja foi criada para celebrar o casamento real do Príncipe William com Kite Middletons. O que mais intriga na composição dessa cerveja é a adição de substâncias afrodisíacas, dentre elas, o Viagra. Beba com moderação (É SÉRIO).

royal-virility-performance-beer-590

 

Original Pussy Beer – Da artista Tailandesa Toi Sennhauser. Ela defende que entre 7000 e 4000 a.c. , no reino da Suméria, na Mesopotâmia, a mulher inventou a cerveja. Para homenagear tal feito, ela fabricou uma cerveja, usando nada mais que sua levedura vaginal. Exótico!

original-pussy-beer-cerveja-vagina

 

Cock Ale – Era um tipo de cerveja muito comum na Inglaterra nos séculos XVII e XVIII, mas ainda é produzida em alguns lugares, em menor escala. Ela leva carne de galo em sua composição, e como o rótulo adverte, não é uma cerveja para vegetarianos. Existem outros rótulos para a tal Cock Ale.

brejas_biza_0004_05_cock

 

Fish Beer – Japonês ama peixe né? Ama tanto que fez uma cerveja com peixe. O nome já diz tudo. É uma cerveja que leva peixes em sua composição. Konbu e bonito são os escolhidos. Que delicia!

brejas_biza_0006_07_fish

 

Budweiser & Clamato Chelada – Da companhia de bebidas Belga-Brasileira AB InBev (fusão entre as empresas Ambev e Interbrew). Considerada uma Fruit/Vegetable beer, a cerveja leva tomate em sua composição. Deve harmonizar com saladas verdes né? 

dsc00680

 

Chipotle Ale – Da Cervejaria norte-americana Rogue. Sim, ela é feita com chipotle.  Alguns amigos já degustaram e disseram maravilhas sobre. Recomendo.

Rogue Chipotle Ale

 

Mamma Mia Pizza Beer – Da Microcervejaria Norte-americana Sprecher Brewing Company. Leva em sua composição: manjericão, tomate, alho e orégano. Essa cerveja é para quem gosta de pizza. Ingredientes nada convencionais em sua composição, mas não deve ser uma má cerveja. Deve cair bem com uma boa pizza de marguerita.

o-PIZZA-BEER-MAMMA-MIA-PIZZA-BEER-facebook

 

Miyamori Wasabi – Da microcervejaria japonesa Miyamori Bräuhaus. Não é necessário falar muito sobre essa cerveja. Wasabi na composição. Bebe?

brejas_biza_0010_11_wasabi

 

La Dragonne – Da cervejaria Suiça Brasserie des Franches-Montagnes. Elaborada para ser degustada por volta de 43° a 48°. Não deve ser uma cerveja muito solicitada em bares.

la dragonne sör_

 

Beer Geek Brunch – Ela não poderia ficar de fora né? Produzida pela cervejaria nômade dinamarquesa Mikkeller. Eessa cerveja leva em sua composição Kopi Luwak. Para quem não conhece, os grãos de café são ingeridos por Civetas, uma espécie de Gambá encontrado na Indonésia. Após um período eles são defecados, processados e preparados para consumo. Kopi Luwak é considerado o top entre os cafés goumert. Eu provaria essa cerveja e você? Afinal, tudo que vem da Mikkeller é divino!

mikkellerbeergeekbrunchweasel2

 

Sim, existem mais cervejas estranhas espalhadas pelo resto do mundo. Escolhi apenas algumas que aguçaram meus desejos cervejeiros.

 

lupulus-14

 

Texto: Caio C.
Fonte: Google.

Lupulus – Cervejas Comemorativas da Copa do Mundo 2014

Por 

Nessa onda de Copa do Mundo de Futebol no Brasil, as cervejarias estão lançando rótulos exclusivos para homenagear o evento e também divulgar a marca. O diferencial é que as cervejarias usarão ingredientes dos países que irão disputar a Copa do Mundo. A seguir algumas dessas cervejas.

Unidos Pela Cerveja

A Cervejaria Bierland, de Blumenau, em parceria com a Cervejaria Antares, da Argentina lançaram uma cerveja com lúpulos cultivados na Patagônia e guaraná da Amazônia. O produto faz parte do projeto Unidos Pela Cerveja e será uma edição limitada para comemoração da Copa do Mundo.

O Sommelier de cervejas da Bierland, Rubens Deeke disse: – Queremos mostrar que a rivalidade entre argentinos e brasileiros fica restrita aos campos de futebol.

A cerveja será do tipo American Pale Ale (APA) e será lançada no dia 5 de junho, dia da Cerveja Brasileira, através de parceiros e distribuidores da marca espalhados por todo país. O preço ficará entre R$13 e R$15. A Bierland diz que a maior parte será comercializada em garrafas, já a Antares dará preferência à venda em barris nos bares da marca, presentes nas principais regiões do país.

 

Rock & Gol

Após conquistar medalha de ouro com a Dubbel na categoria Belgian-Style Dubbel e Prata com a Quadruppel na categoria Belgian-Style Ale na World Beer Cup, A Cervejaria Wäls de Belo Horizonte, lança uma cerveja comemorativa para a Copa do Mundo de Futebol.

O novo rótulo é a Rock & Gol, uma Amber Lager de coloração dourada intensa e amargor distinto. Dry Hopping com lúpulo alemão Mandarina. Feita com maltes especiais alemães. Teor alcoólico de 5% e 20 IBU (Unidade de Amargor). Harmoniza bem com: Saladas Verdes, Pizza de Mussarela e Marguerita.

A cerveja foi lançada no dia 24 de abril, no Stadt Jever, em Belo Horizonte. E em comemoração as medalhas conquistadas Chopp Dubbel e Quadruppel estavam à R$5.

A Cervejaria Wäls ainda não informou quando começará a distribuir a Rock & Gol. No momento ela só esta sendo comercializada no Stadt Jever, em Belo Horizonte.

 

Hello My Name Is Zé

Gostou do nome? Acho que irão gostar ainda mais quando souberem do que se trata. Hello My Name Is Zé é uma cerveja colaborativa entre duas grandes cervejarias, a escocesa Brewdog e a brasileira 2cabeças. Ela será uma IPA (India Pale Ale) EXTREMAMENTE LUPULADA, como ambas as cervejarias gostam, e adição de maracujá, o que a transforma numa Fruit Beer, segundo os guias. Mas por favor, não ache que ela será uma cervejinha leve, há muito lúpulo na receita.

Hello My Name Is Zé, uma “Scottish Brazilian Passion Fruit IPA” é a Punk IPA multiplicada pela Jack Hammer e dividida pela MaracujIPA com 6,4% de teor alcoólico e 60 IBU (Unidade de Amargor da cerveja).

A Brewdog é conhecida mundialmente por seu marketing agressivo e irreverente. No dia 29 de Abril, O rótulo da cerveja Dead Pony Club foi considerado “uma apologia ao comportamento anti-social e ao consumo abusivo de álcool” pelo Portman Group’s Independent Complaints Panel, Organização inglesa formada por indústrias produtoras de bebidas alcoólicas que regula a propaganda do setor, zelando pela responsabilidade social e consumo responsável no marketing usado pelas empresas. O Portman Group’s achou as frases “drink fast, live fast” (beba rápido, viva rápido) e “we believe faster is better” (nós acreditamos que quanto mais rápido, melhor), que está no rótulo da cerveja um incentivo ao consumo de beber rapidamente e sem limites. O melhor nisso tudo foi à resposta que os escoceses da Brewdog deram ao Portman Group’s:

“Nós gostaríamos de nos desculpar formalmente ao Portman Grupo por não dar a mínima para essa decisão. Na verdade, nós não damos a mínima para qualquer coisa que o Portman Group tem a dizer e tratamos todas as suas declarações com indiferença e despreocupação”. A declaração da BrewDog, publicada em seu blog, continua com várias críticas à organização e termina com “Sr. Portman, ficaríamos agradecidos se você pudesse gentilmente salvar algumas árvores e parar de enviar-nos cartas sem sentido. Sinceramente, esperamos que o sarcasmo desta mensagem se encaixe nos critérios do Portman Group de uso responsável de humor”. Sarcástico não?

Já a 2cabeças vem ganhando nome e força dentre as cervejarias artesanais brasileiras e agora mundialmente, com esta cerveja colaborativa com a Brewdog, que foi feita em especial para a Copa do Mundo. 2cabeças já comercializa uma IPA com adição de maracujá, a MaracujIPA, mas segundo o sócio da 2cabeças Bernardo Couto, a Hello My Name Is Zé, será totalmente diferente, desde os maltes até a lupulagem, que será mais agressiva.

A cerveja foi produzida no início de março na fábrica da BrewDog, em Ellon, na Escócia, com a presença de Salo Maldonado, um dos sócios da 2cabeças. Hello, My Name is Zé será exclusiva para o mercado brasileiro e para os acionistas do Equity For Punks, programa de financiamento colaborativo da BrewDog. Ela deve chegar ao Brasil em Junho e já se encontra em fase de maturação.

Ficaram com vontade? Eu sim!

Em junho ela estará no Brewdog Bar e em alguns Empórios e Bares especializados.

 

Allez Les Beus

A Cervejaria Colorado de Ribeirão Preto/SP lançou uma variação da já conhecida Cauim, carro chefe da cervejaria, que leva farinha de mandioca na composição. A Allez Les Beus “vamos, azuis” (grito de guerra tradicional) terá um diferencial, o acréscimo de lúpulos franceses. A cerveja foi criada para homenagear a estadia da seleção Francesa de Futebol, que ficará hospedada na terra natal da cervejaria.

A Cervejaria Colorado lançou um vídeo bem humorado para o lançamento da sua cerveja comemorativa. Ao som de música francesa, ele mostra uma mulher morena, com cabelos pretos lisos e a propaganda diz: “A brasileira mais admirada do mundo acaba de ganhar um toque especial… Um toque francês”. Logo após aparecem as axilas da mulher cheias de pêlos, representados por duas cabeças de urso (logo da marca).

Alguns dizem que o vídeo que a idéia da campanha foi sem graça, já outros acharam engraçada. E você, o que achou?

Falke Bier

A Cervejaria Falke Bier de Belo Horizonte/MG, informou que irá produzir uma cerveja que levará malte e lúpulo ingleses e um produto brasileiríssimo, a jabuticaba. O rótulo ainda não tem nome definido. Segundo Marco Falcone, sócio-proprietário da Cervejaria Mineira:  “Temos que aproveitar eventos como esse para criar uma identidade e mostrar que estamos no mercado”. Previsão de lançamento para junho.

 

Saint Bier

Para quem não conhece, a Cervejaria Saint Bier de Forquilhinha/SC, é quem produz a tão famosa cerveja dos Simpsons, Duff.

A Cervejaria também entrou no clima da Copa do Mundo e acabou de lançar seu rótulo.

É uma cerveja tipo pilsen de 600ml e destaca a paixão brasileira pelo futebol. O logo da marca ganhou ênfase nas cores verde e amarela e até o Monge da Cervejaria trocou sua batina por uma camiseta da Seleção Brasileira.

Além do novo rótulo, a Cervejaria conta também com bolachas, os tradicionais e famosos porta-copos. As bolachas terão artes sobre a Copa do Mundo e tabela de jogos.

A cerveja estará disponível nos próximos dias.

Saison Euforia

Outra comemorativa é a Euforia Saison, cerveja colaborativa entre a Cervejaria Mistura Clássica, de Volta Redonda/RJ e os homebrewrs Eduarda Dardeau e Ricardo Rosa.

A cerveja foi lançada no último dia 10, no Empório Alto dos Pinheiros, reduto obrigatório para todo amante de cervejas artesanais/especiais.

Além da Saison Euforia serão lançadas mais três cervejas comemorativas para a Copa, com as cores da bandeira nacional. Uma WitBier (Garrafa Branca), uma India Pale Ale (Garrafa Verde) e uma Belgian Dark Strong Ale com Blueberry (Garrafa azul). A Saison Euforia (Garrafa Amarela) estará à venda em breve.

Além dos rótulos em comemoração a Copa do Mundo, algumas cervejarias estarão oferecendo tours para visitação e degustação nas fábricas e bares. Um bom exemplo é a Bamberg Votorantim/SP. As visitas ocorrem aos sábados, a partir das 11h00, pelo valor de R$30 com o cervejeiro e proprietário da Bamberg, Alexandre Bazzo que explicará o processo de produção, matérias primas e estilos das cervejas degustadas. Os visitantes terão direito a degustação de 5 chopes direto do tanque de maturação. Para maiores informações acesse o site da Cervejaria. Agendamentos podem ser feitos através do e-mail contato@cervejariabamberg.com.br. Lembrando que a visita já acontece todos os sábados em português.

O que não pode faltar nesta Copa do Mundo é cerveja. Independente se comemorativa ou não.

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Caio C.
Fotos: Google.