Rapidinhas – Zombie Walk 2014!

Por @Detachez

Este ano o percurso vai da Praça do Patriarca às 15h, que fica na ponta do Viaduto do Chá, próxima à estação de metrô Anhangabau. Pedimos aos participantes para já chegarem caracterizados. A caminhada começa pontualmente às 17h, quando um ajudante da organização avisará no megafone para a turba iniciar a marcha, que termina por volta das 18h no Vale do Anhangabaú.

Este é o evento que comemora o dia dos mortos aqui em São Paulo.

Maiores informações acesse AQUI.

 

Anúncios

Rapidinhas – O que faz você feliz?

Por @Detachez

Certas perguntas não tem resposta. Por exemplo, o caso de Capitu e Bentinho em Dom Casmurro. Afinal, Capitu traiu ou não traiu? Nunca saberemos, afinal, o grande Machado morreu levando esse segredo com ele.

Outra questão clássica é: o que tinha na maleta de Pulp Fiction? Quentin Tarantino jamais respondeu e creio eu que jamais responderá. Fica apenas a especulação. Mas é de especulação que se vive a vida? Creio que sim…

Ultimamente tenho me perguntado sobre isso, como por exemplo, a série Dexter, esta que farei um profundo estudo sobre, com seu final triste e intenso. Ficou a pergunta: o que Dexter faria depois de ter sobrevivido à tempestade e ter deixado o pequeno Harisson com Hannah, o amor de sua vida? Não sei, nunca saberei. Mas especulo.

Texto: Fernanda Saraiva.
Foto: Google.

 

Rapidinhas – Mafalda!

Por @Detachez

São Paulo receberá em dezembro uma exposição comemorativa para os 50 anos de Mafalda. Criada por Quino em 1964, Mafalda é uma garotinha de 6 anos, que, apesar da pouca idade, tem uma visão humanista da vida e questiona diversos valores impostos pela sociedade. Mesmo depois de 50 anos, a personagem possui uma legião de fãs por todo o mundo e serve como referência para reflexões atemporais, que se encaixam tanto para a época em que foi criada até os dias de hoje.

Ainda não há maiores informações, mas fica a dica de que, logo, saberemos tudo sobre a expo.

Texto: Fernanda Saraiva.
Fonte: Catraca Livre!
Foto: Google.

Rapidinhas – Estreias no Cinema.

Por @Detachez

Amanhã estreiam dois dos filmes mais esperados do inverno brasileiro: Sex Tape – Perdido na Nuvem e Os Mercenários 3.

Sex Tape: o elenco conta com Cameron Diaz e Jason Segel, em uma comédia romântica muito atual, que discute a invasão de privacidade com vídeos íntimos soltos na rede. Vale a pena conferir.

Os Mercenários: um filme que conseguiu reunir um elenco grande, contando com Silvester Stallone, Arnold Schwarzenegger, Jet Li, Jason Stathan, entre outros, em uma história eletrizante que envolve amizade, fúria e muita, muita violência gratuita (risos). Baseada nos dois primeiros, este filme PRO-ME-TE!

SERVIÇOS

Assista diretamente em Cinemark!

Texto: Fernanda Saraiva.
Fotos: Google.

Rapidinhas – Livraria Cultura.

Por @Detachez

Quando eu fico sem programação, sempre passo no site da Livraria Cultura para ver o que de bom está rolando por lá, e sempre acho algo bacana. Desta vez tem uma programação bem legal na loja do Shopping Vila-Lobos, um pocket show com a banda LUDOV. Uma apresentação para o lançamento do novo álbum Miragem.

Ludov

Ludov

SERVIÇOS.

Cidade: São Paulo/SP

Data e Hora: Sábado, 28 de junho às 18h

Loja: Shopping Villa-Lobos – Av. Nações Unidas, 4777 – Jardim Universidade Pinheiros

Local: Auditório

Lotação: 129 lugares

Texto: Fernanda Saraiva.
Foto: Google.

Rapidinhas – Os Gêmeos na Copa do Mundo.

Por @Detachez

A notícia está um pouco atrasada, porém, não pude deixar de comentar sobre, porque achei interessante a participação deles para alguma coisa relacionada à Copa do Mundo. Os Gêmeos, como são conhecidos os grafiteiros Otávio e Gustavo Pandolfo, fizeram uma arte na fuselagem do Boeing 737 da seleção brasileira de futebol. Uma arte muito bacana, por sinal, honrando o trabalho mundialmente conhecido dos grafiteiros.

A ideia dos dois é fazer com que o publico se identifique com os rostos desenhados no avião, fazendo uma alusão ao fato de o homem querer andar nas nuvens, um sonho antigo do ser humano, o de voar por si próprio. Mas o que eu gostaria de comentar é, o fato de que, em tempos de copa, onde o Brasil, ou melhor, boa parte dos brasileiros, vem lutando para impedir que o evento ocorra, ou ao menos, chamar a atenção para os problemas sociais enfrentados por todos nós, ou maioria, a arte entrou como uma forma de ajudar a fazer uma conexão entre o evento e o povo.

Avião da seleção brasileira de futebol.

Avião da seleção brasileira de futebol.

Ouvi dizer que, uma manifestação vai acontecer durante a abertura da copa, isso é certo, mas não sei o teor da corrida, portanto fica difícil falar sobre o assunto, porém, muitos vão mostrar sua insatisfação. Sobre isso só posso dizer que, sou muito fã de futebol, acompanho a história da Copa do Mundo desde 1998, porque é a copa de que me lembro, onde a rua em que eu morava se reuniu, pintou tudo de verde e amarelo, saiu para rua nos gols do Brasil, mas infelizmente, perdemos para a França, na casa dos nossos hospitaleiros, afinal, como esquecer o surto de Ronaldo, o Fenômeno, que até hoje ninguém, nem ele mesmo, explica, e a derrota amarga por três a zero, com dois gols de Zinédine Zidane no primeiro tempo e um de Emmanuel Petit aos 48 do segundo tempo. Uma derrota que nunca vamos nos esquecer.

O fato é que, de lá para cá, a própria seleção brasileira tornou-se uma vergonha, mesmo tendo ganho seu último título em 2002 em cima da Alemanha, na copa que aconteceu na Coreia e no Japão. Depois disso, não ganhou mais nenhum campeonato, tendo sido inclusive eliminada em 2006 pela França de Zidane. De qualquer forma, o brasileiro tem vestido a camisa verde e amarela para lutar pelo país, e para deixar claro a vergonha que é o investimento de bilhões de reais em um evento que quando acabar, pouco vai deixar de bom. O bom de tudo isso é ver que até quem apoiava, se sente mal, como o caso de Ronaldo, que foi duramente criticado pela afirmação sobre os hospitais, e o grande rei Pelé, que em uma entrevista à rádio do Estadão disse ser frustrante, a uma semana da copa, os estádios não estarem prontos. Em uma palavra: CHUPA!

Texto: Fernanda Saraiva.
Foto: Junior Lago.