SPNQSC – Ame-se!

Por @Detachez

Texto publicado originalmente em Já Dizia o Amauri no dia 10/02/14.

Amores, hoje vamos falar sobre um tema muito, mas muito interessante, para avivar princípios femininos. O amor próprio.

Existe uma música chamada “O Mundo” da banda brasileira Capital Inicial e nela há uma frase que se encaixa neste tema: “Procuro tentar entender porque sou importante pra você, já que é bem melhor ser importante pra si mesmo”.

Porque as pessoas procuram agradar mais aos outros do que a si próprias? O mundo está cheiro de pessoas assim, que sequer pensam em seus próprios sentimentos, para atender a pessoas que nem sempre estão interessadas em saber como estamos.

O jeito é parar e olhar a situação de cima, de fora. É difícil, claro, mas todos têm um tempo, uma hora em que um pingo transborda o copo e momentos assim devem ser aproveitados com tudo. Podemos tomar como exemplo um ano novo. Ainda estamos no começo do ano, com tempo de sobra para focar objetivos e para repensar na vida.

Pode parecer clichê, mas é bem assim que funciona, quando nós nos damos mais valor, adquirimos uma confiança maior, ficamos mais bonitos, mais seguros. É fato, que, pessoas com andar seguro, voz segura, são muito bem sucedidos.

E para ter sucesso em tudo que fazemos, devemos acordar todos os dias, olhar no espelho e gostar do que vemos, ter orgulho de nós mesmos. Assim como duas músicas do Dance Of Days: “Ninguém vai devolver sua vida quando perceber que deixou tudo pra trás” (Mais um café gelado, por favor), e “Não espere ajuda ao gritar por socorro” (Mova), não devemos contar nunca com o ovo no c* da galinha. Se não formos atrás, não vai cair do céu.

Então, se amem, meninas: passem batom vermelho, prendam o cabelo com rabo de cavalo, meninos: usem barba, se perfumem levemente, mandem flores, e no final de todos os dias se digam “eu me amo”. Beijos. :*

Texto: Fernanda Saraiva.
Fotos: Google.

Anúncios

SPNQSC – Ayrton Senna

Por @Detachez

Hoje, há 20 anos atrás, Ayrton Senna corria em Ímola, era a terceira corrida da temporada do Grade Prêmio, e como ironia do destino, um dia antes, morreu, naquele mesmo local, Roland Ratzenberger.

E eu pergunto, porque resolveram deixar que a corrida do dia seguinte acontecesse? Destino, tinha mesmo que acontecer? Pois é, aconteceu. Na corrida do dia 1° de Maio de 1994, morria Ayrton Senna do Brasil, ou somente Ayrton Senna, Ayrton ou Senna.

Ayrton Senna

Ayrton Senna

Corinthiano roxo, apaixonado pelo Brasil, Senna elevou o Brasil aos níveis de elite, pois a Fórmula 1 é o esporte mais caro do mundo. Correu com garra, com força e com paixão, e era amado por todos. E todos gostavam dele, e se inspiravam. E nos 20 anos de sua morte, o SPNQSC quer dizer que, apesar de eu detestar esse esporte, sinto a falta de um esportista que fazia um país inteiro se unir, o que há muito perdeu-se no tempo.

RIP. Ayrton Senna #20Anos.

SPNQSC – Parada Gay

Por @Detachez

Acontece no próximo domingo, 04/05, mais uma edição da Parada do Orgulho Gay, em São Paulo. Geralmente, sai da Av. Paulista, e reúne um grande público, e este ano não vai ser diferente. No site oficial não consta nenhuma informação do evento, mas podem colar que é garantido!

Parada Gay

Parada Gay

Site: http://www.paradasp.org.br/agenda/2014/05/04.html

Texto: Fernanda Saraiva.
Foto: Reprodução.